17 julho 2013

∞ My Complicated Life Capítulo 18. Aniversário

                   

Meus pais morreram em um incêndio e ver isso é como se eu estivesse revivendo o momento. O fogo já estava abaixando por conta dos bombeiros. Depois de um tempo, o bombeiro veio falar comigo.

Bombeiro: Hey, vocês moram aqui?
Eu: Sim -falo com uma lágrima escorrendo pelo meu rosto-
Bombeiro: Nós conseguimos salvar algumas coisas, venha cá.

Segui o bombeiro e tinha algumas coisas minhas ali no chão, lhe agradeci.

Bombeiro: Parece que a causa do incêndio foi o fogão que estava ligado com panela no fogo. Alguns de vocês que deixou ligado o fogão?
Eu: Foi eu.. Me desculpa, é tudo culpa minha.
Bombeiro: Bem, eu já volto, vou ajudar ali a apagar o fogo. -ele vai embora-
Eu: É tudo culpa minha, eu deixei o fogão ligado. Se não fosse por isso, nada disso teria acontecido!
Will: Você não fez por querer, não é culpa sua!




 Os bombeiros apagaram o fogo todo e foram embora.

Will: O que ele conseguiu tirar da casa?
Eu: Hm, deixa eu ver... -vou mexendo nas coisas para ver- Meu notebook que arranhou um pouco e..
Will: Só ?
Eu: E algumas coisas do meu avô... 
Kevin: Vamos entrar ali pra ver se tem alguma coisa a mais.

Entramos na casa, o chão e as paredes estavam pretos, cheios de cinzas.. Entramos pela sala, era horrível de se ver aquilo, achamos melhor tirar a Manu de lá por causa do cheiro forte. O Kevin, Will, Manu e o Marley ficaram lá fora, eu fiquei com a Anne dentro. Quando chegamos na cozinha, tudo estava bem pior do que a sala de estar. Andamos pela casa toda e o quarto que menos afetou foi o do Arthur.. Procuramos coisas que ainda tinham valor e eu achei o cordão que o Arthur tinha me dado quando eu tinha feito 17 anos... Ah, bateu uma saudade. Saí da casa com um brinquedo da Manu que achamos e o colar. Dou o brinquedo pra Manu e boto o colar em mim.

Anne: Podem ir, eu e a Mel nos viramos daqui
Kevin: Não! Você vem comigo!
Will: E você vem comigo -ele me puxa-
Kevin: A Anne dorme na minha casa por enquanto e a Mel na casa do Will, e a Manu e o Marley vão pra casa do Will.
Eu: Não quero fazer incômodo nenhum pros pais do Will
Will: Ei, mas você não queria conhecer eles? Grande oportunidade!

Então a Anne e o Kevin foram pra casa, eu peguei as coisas que os bombeiros conseguiram tirar do incêndio e fomos para a casa do Will com a Manu e o Marley.

(...)

Chegando lá, entrei bem devagar pois já era tarde e não queria acordar os pais do Will.

Will: Eles não estão em casa, devem ter saído, pode andar normal -ele riu-
Eu: Ei, eu estava andando normal!
Will: Se o seu normal é igual a uma tartaruga, ok.

A Manu já estava morrendo de sono, então o Will botou ela pra dormir no quarto de hóspedes pra mim. Estava sem roupa para trocar, sem nada, apenas meu notebook, as coisas do meu avô e meu cordão. Então o Will tomou um banho e eu tomei depois, ele já estava deitado na cama quando eu saí do banho, deitei do lado dele.

Will: Boa noite



Eu: Boa noite

(...)

Dia seguinte/ Domingo

Acordo e o Will não tá no quarto, mas ele deixou um bilhete em cima da cama escrito: "Fui correr um pouco pela praça, volto logo, te amo." 
Eu já ia trocando de roupa, mas lembrei que só tenho a que tá no meu corpo agora. Vou no quarto de hóspedes que é do lado e a Manu ainda tá dormindo, vou descendo a escada para ir até a sala, quando estou no meio da escada vejo os pais do Will. Meu Deus! É agora! Desço e a mãe do Will me vê

Mãe do Will: Licença, mas quem é você? E o que você tá fazendo na minha casa?
Eu: Oii sogrinha
Mãe do Will: Sogrinha?
Eu: É, eu sou namorada do seu filho, o Will. Meu nome é Mellanie, mas pode me chamar de Mel e o seu nome?
Mãe do Will: Sônia. Desde quando vocês namoram?
Eu: Ah, faz 7 meses.
Mãe do Will: 7 MESES ????????!
Eu: É, por que sogra?
Mãe do Will: Não me chama de sogra e nem sogrinha. Sou "Dona Sônia" pra você
Eu: Nossa, por que "Dona Sonia"?
Mãe do Will: Porque sim, TCHAU. -ela sai pela porta-
Eu: Tchau né ..

Acho que ela não gostou muito bem de mim .-. Fico na sala vendo tv, quando de repente o Will entra pela porta.

Eu: Oi, eu conheci sua mãe, ela não gostou muito bem de mim..
Will: Hum.. -ele senta do meu lado e começa a me beijar-
Eu: Sua mãe pode chegar, ela já não gostou de mim e se ver isso...
Will : Para de palhaçada. -ele tira o controle da minha mão e bota no canto-

Ele começa a me beijar e deitamos no sofá, enrosquei minha perna nele, ele beijou meu pescoço e depois ficou olhando pra mim e fazendo carinho no meu rosto e voltou a me beijar. 

Ele tira a camisa dele e depois minha blusa e fica beijando meu pescoço. Ficamos namorando no sofá, até que escuto a voz do Will falando "O que é isso?", sendo que ele tava me beijando na hora, deve ser do meu pensamento essa voz.. Então continuo  beijando ele. 




Escuto de novo a voz, então levanto e fico em cima dele.

Will: Que foi?
Eu: Você falou "O que é isso?"
Will: Não.

De repente ouço uma voz falando "Eu que falei!", quando viro pra trás, vejo outro Will na porta e não foi só eu que ouvi, o Will que eu beijei também

Eu: Que que tá acontecendo?
Will (da porta): Acontece que você quase transou com meu irmão gêmeo.
Eu: QUE??! -saio de cima dele, pego minhas roupas e vou botando-
Will (da porta): O nome dele é Jason, não acredito que você fez isso, ME CONFUNDIU COM ELE!
Jason: Sua namorada tem mó saúde heim.
Will: SAI DAQUI AGORA! -O Will chega nele e olha fuzilando o Jason-
Jason: Eu moro aqui! Mas vou dar um rolé, daqui a pouco volto. Tchau gata. -ele sai pela porta-

O Will botava a mão na cabeça e ficava andando pra lá e pra cá, ele tava nervoso e chateado. Termino de botar minha blusa.

Eu: Me desculpa, não aconteceu nada demais.
Will: Não?! Você tava quase pelada na frente do meu irmão e ele quase também! Vocês quase.. -interrompo ele-
Eu: QUASE! 
Will: Sei...
Eu: Você não confia em mim? Não rolou nada do que você tá achando! Confia em mim!
Will: Eu vou tomar um banho... Tchau -ele vai pro banheiro com uma cara nada boa-

Subo, pego minhas coisas, vou no quarto de hóspedes, a Manu estava acordada e vou embora de lá com a Manu e o Marley. Vou pra casa do Kevin com eles. Toco a campainha e a Anne abre

Anne: Hey, por que você não tá la no Will?
Eu: Longa história.

Entro e conto tudo pra ela.

- Pensamento do Will -

Saio do banho, me seco e me visto, vou na sala e a Mel não está lá. Ela deve tá no quarto! Subo no quarto, ela não tá, ando pela casa toda e não encontro ela.. Acho que ela foi embora. 

-Pensamento da Mel-

Anne: WOW! Mas como você ia adivinhar que era o Jason? A culpa não foi sua.
Eu: Foi sim culpa minha! O incêndio foi culpa minha, isso do Jason foi culpa minha



Anne: Para de se culpar de tudo! Todo mundo erra.
Eu: Mas cara..

Anne: Você quer levar um tapa na cara? Já disse que todo mundo erra! 
Kevin: E ai, o que aconteceu entre você e o Will?
Eu: -explico tudo pra ele-
Kevin: Po, se você comigo eu também ficaria assim.. Se bota no lugar do Will cara.. É difícil. 

O telefone do Kevin começa a tocar e ele atende.

Eu: Se for ele, fala que eu não to aqui.

(...)

Kevin: Era ele, falei que você não tava aqui e que eu não faço ideia da onde você tá
Eu: Valeu
Anne: Você conheceu a mãe dele?
Eu: Conheci, ela não gostou muito de mim não.. E os seus pais Kevin?
Kevin: Viajando.
Eu: Anne quer conhecer eles?
Anne: Lógico.
Kevin: Eles vão gostar de você, pode apostar.

A Anne sorri pra ele. Depois ficamos vendo tv e brincando um pouco com o Marley, até que fica de noite e todos vão dormir. Fico no quarto de hóspedes, na cama me revirando toda hora, não conseguia dormir. Depois de muito tempo, consegui dormir.

Dia seguinte/ Segunda

Acordo com o cabelo um pouco bagunçado, desço e vejo que todo mundo já tá acordado. 

Kevin: Que cabelo bagunçado heim
Eu: Não enche!
Anne: Se arruma pra ir pro colégio
Eu: Com que material ? Cê tá doida? Pegou fogo fia
Anne: A gente vai falar com o diretor.
Eu: Mas e a Manu? 
Anne: A Manu estuda de tarde, a gente chega do colégio e leva ela de novo lá, fazer o que né?

Fico encostada na parede com os braços cruzados. De repente, o Will sai da cozinha logo do meu lado

Will: Mellanie.. -interrompo-
Eu: Você chamou ele Kevin?
Kevin: Vocês não podem ficar assim pra sempre.
Eu: Então manda ele confiar em mim! -subo lá pra cima-

- Pensamento do Will-

Will: Eu tinha que ter acreditado no que ela falou na hora..
Anne: Sério??! --' Podem ir, eu vou com ela depois
Kevin: Tá, mas como fica a Manu?
Anne: É verdade.. A gente leva ela pro colégio e dá um jeito.
Kevin: A gente vai de carro, vamos com a gente.
Anne: Eu vou contigo, o Will fica aqui, é melhor
Will: Ela não vai querer nem olhar na minha cara!
Anne: Se vira

Ela vai embora com o Kevin.

- Pensamento da Mellanie-

Penteio meu cabelo e escovo os dentes. Acordo a Manu, arrumo ela e desço com ela. O Will tava me esperando.

Eu: Pode ir pro colégio, eu vou depois.
Will: Mel, vai ficar esse clima estranho entre a gente pra sempre? 
Eu: Af -passo direto com a Manu e vou pro colégio com ela, o Will vai atrás da gente-

(...)

Chegando no colégio, eu e a Anne fomos na sala do diretor falar com ele.. Explicamos tudo para ele.

Diretor: Bem, vocês podem assistir a aula direitinho e façam duplas, eu vou mandar a professora escolher e vocês sempre fiquem com a dupla em todas as aulas, ok?
Eu: Ok, mas e quanto a Manu?
Diretor: A Manu vamos transferir ela pra aula de manhã, ai vocês vem com ela, deixam ela na escolinha e saem com ela também
Anne: Muito obrigada diretor.
Diretor: De nada, agora vão pra aula, já vai começar.

Saímos de lá, deixamos a Manu na escolinha e entramos na sala de aula, todo mundo já estava sentado. 

Professora: Turma, receberemos um aluno novo aqui, ele se chama Jason e espero que vocês gostem dele.

O Jason entra na sala de aula. Meu Deus, não acredito nisso --'

Professora: Anne e Mellanie, o diretor me falou do aviso e Anne pode sentar do lado do Kevin e Mellanie..
Jason: Onde eu sento professora?
Professora: Do lado da Mellanie.
Eu: Que??!
Professora: Algum problema? (...) Foi o que eu pensei.

O Jason bota a carteira dele do meu lado e senta

Jason: Oi gata
Eu: Não enche
Jason: Ei, eu sei que a gente se conheceu da forma errada, mas.. Meu nome é Jason e desculpa por aquilo. Sério, me desculpa, se eu fizer de novo, você pode até me espancar, mas me desculpa ai.
Eu: Tá, agora deixa eu aprestar atenção na aula!

O Will não tava gostando nada daquilo. Isso só tava piorando tudo, mas o Will vai ter que confiar em mim.. Se não, eu nem sei mais o que vai ser da gente.

(...)

A aula acaba e eu me levanto, o Jason puxa meu braço

Eu: Que foi?

O Will tava olhando com uma cara de que vai matar o Jason, o Will veio andando até aqui, mas o Kevin puxou ele.

Jason: Vamos para o intervalo juntos.
Eu: Sério? --'
Jason: É, só pra você ver que eu não sou nada do que você tá pensando.
Eu: Tá bom então né..

Fomos para o intervalo e sentamos na mesa.

Eu: Me fala de você
Jason: Bem, eu me chamo Jason, tenho 17 anos, voltei pra casa agora por que tava fazendo intercâmbio, ai me matriculei aqui, era a escola mais próxima. Curto muito rock e metal e.. -interrompo ele-
Eu: Sério?? -sorrio- Quais bandas?
Jason: Iron Maden, System Of A Down, Red Hot Chili Peppers, ah várias.. Você gosta também?
Eu: Sim!! Me fala mais sobre você

- Pensamento do Will-

Eu, Anne e o Kevin sentamos na mesa, eu só ficava olhando pra Mel e pro Jason, ela tava rindo demais com ele. Que droga! E se eu perder ela pra ele? Isso não pode tá acontecendo...

Anne: Desgruda o olho da Mel, Meu Deus, vai ficar com dor no pescoço daqui a pouco de tanto tempo que você fica com o pescoço virado.
Eu: Eles tão rindo demais juntos!
Kevin: Talvez seu irmão seja legal ué, sei lá. Aquilo que ele fez foi errado, mas ele pode ser legal de outro jeito. A gente sempre tem um lado bom de ser.
Eu: Você não tá ajudando Kevin!

-Pensamento da Mel-

Eu: Você é muito legal, mas por que você fez aquilo? Se passar pelo William?
Jason: Sei lá, eu tinha acabado de ser dispensado de uma menina lá, acho que foi carência mesmo, me desculpa por aquilo, sério, me desculpa mesmo.
Eu: Ok...
Jason: Me fala sobre você agora
Eu: Me chamo Mellanie, tenho 17 anos e minha história não é muito legal.. Meus pais morreram em um incêndio, eu e meu avô Arthur saímos de lá e construímos uma nova vida juntos, até que eu conheci a Anne, viramos melhores amigas.. Ela tinha uma irmãzinha, a Manu.. E eu descobri que somos irmãs.. Meu avô morreu em um acidente de carro faz uns dias.. To tentando não lembrar muito disso.. Eu namoro seu irmão, mas desde aquele negócio que aconteceu entre mim e você, a gente não se fala. Ontem minha casa pegou fogo, só sobrou meu notebook, algumas coisas do meu avô e esse cordão que eu to usando que meu avô me deu. Aí, eu fui pra casa do Will, conheci a mãe dele e a gente não se deu muito bem.. E é isso.
Jason: Meus pêsames pelo seu avô e seus pais.. Desculpa por você e pelo Will, se quiser eu falo com ele.
Eu: Não! Ele tá achando que rolou algo mais entre a gente, eu falei que não, mas ele não acredita, então ele que venha falar comigo.
Jason: Ok então.. Eu fiz intercâmbio no Canadá e lá é muito legal
Eu: Sério? Eu sempre quis ir pra lá
Jason: Po, lá é muito bacana.

Ficamos conversando, o sinal bate e nós entramos pra sala de aula

(...)

A aula acaba, saio da sala com o Jason, saímos do colégio e ficamos conversando na entrada da escola, a Anne vinha com os outros e a Manu em direção a mim

Eu: Tenho que ir, a gente se encontra por ai.
Jason: Me dá seu número? - dou meu número pra ele e ele me dá o dele-
Eu: Pronto, tchau
Jason: Tchau - ele me abraça e eu sorrio-



Ele vai embora e eu vou na Anne..

Eu: Vou passar em um lugar ai, pode ir..
Will: Que lugar?
Eu: Pra que você quer saber? Você não acredita em mim mesmo. -vou embora-

- Pensamento do Will -

Vou pra casa, quando chego vejo a minha mãe, falo oi pra ela e vou pro meu quarto, tomo um banho e vou no quarto do Jason

Eu: O que você falou pra ela?
Jason: Falei nada, você já consegue estragar tudo sozinho.
Eu: Cala essa boca, antes que eu te mate!
Jason: Vem - ele ri-

Will: Tchau
Jason: Tchau


-Pensamento da Mel-

Ando e chego em frente a minha casa.. Dói ver aquilo, me lembra demais o meu avô.. Deixo cair uma lágrima sob meu rosto. Entro na casa e fico andando por ali, mesmo sabendo que aquilo pode desabar ou qualquer coisa do tipo. Fiquei na sala de estar, parada, apenas olhando..

Will: Eu sabia que eu ia te encontrar aqui.
Eu: Hum..

Uma parte pequena do teto cai do meu lado, o Will me puxa pelo braço.


Logo desvio o olhar.

Will: Vamos sair daqui, isso pode desmoronar a qualquer momento.
Eu: Tá ..

Saímos de lá e ficamos na calçada um pouco sem falar nada..

Will: Me desculpa por não ter acreditado em você, eu tava nervoso na hora, ver minha namorada beijando meu irmão.. Eu tinha que ter te falado sobre ele, me desculpa Mel.
Eu: Tá..
Will: Você.. tá amiga dele?
Eu: Sim, ele é legal. Ele pediu desculpa pelo o que ele fez..

O Will do nada me beija.



Will: Te amo, me desculpa por tudo.
Eu: Tá mais que desculpado.
Will: Quer fazer alguma coisa? A gente pode ir lá pra casa se quiser
Eu: Eu tenho que arranjar um emprego.. Tenho que conseguir dinheiro pra comprar roupas e outras coisas ai.. Essa roupa que eu to usando já ta fedendo!
Will: Tá, mas onde que você vai arranjar emprego?
Eu: Na loja do meu vô.. É uma livraria, mas antes de ele ir, ele botou uma parte com outras coisas, agora é tipo um armarinho-livraria.
Will: Ok, vamos lá.

Andamos até a livraria, a única pessoa que trabalhava com meu avô lá, era o amigo dele, o Alex. Entrei lá e falei com ele que queria um emprego, como eu era neta do dono, ele deixou e amanhã eu começo depois do colégio. Depois eu e o Will fomos para a casa dele.


Chegando lá, a mãe do Will tava no sofá vendo tv, entramos, eu tava torcendo para que o Will não falasse nada e só subisse para o quarto dele, mas ele tinha que falar... --'

Will: Oi mãe, tu já conheceu a Mel?
Sônia: Infelizmente sim.

O Will olhou meio que desconcertado para mim.


Então sussurrei no ouvido dele "A gente não se deu muito bem.."

Sônia: Você poderia ter arranjado alguém melhor né filho?
Eu: Olha só... - dei um passo, mas o Will me puxou e olhou pra mim com um olhar de "Não faz isso"-
Sônia: Olha só o que?
Eu: Nada não sogrinha...
Will: Mãe, eu vou subir, tchau.
Sônia: Tchau, cuidado com essa menina ai no seu quarto heim, passa desinfetante depois.
Eu: Sogrinha tão simpática :)
Will: Vem Mel, vamos subir.
Eu: Não, agora eu falo tudo!
Will: Mellanie...
Eu: Dona Sônia, sogrinha.. Eu pensei que você era legal, e olha... Você não chega nem PERTO de ser legal! Você é uma sem sal e eu amo seu filho e se você acha que eu vou parar de namorar ele por causa de você, tá muito enganada!
Sônia: Sai da minha casa agora! AGORA!!!
Eu: Se quiser me expulsar, me expulsaaaa, MAS VAI TER QUE ME OBRIGAR! Porque daqui eu não saio
Jason: Epa, briga!


Sônia: Que falta de educação! Gritando na minha casa!!! William, meu filho, tira essa garota da minha casa agora
Eu: Eu tenho nome tá? É MELLANIE!
Sônia: Que seja! Agora sai daqui !
Eu: Me obrigaa!
Sônia: Pois é isso que eu vou fazer
Eu: Vai me bater?!
Sônia: Pois é isso que eu queria fazer!
Will: Epa, parou! Mel, vem, vamo lá pra cima
Sônia: Ela não fica aqui na MINHA CASA!
Will: Lembrando que eu moro aqui também! Então, a gente vai lá pra cima e pronto
Jason: Arrasou heim Mel!
Sônia: FILHO!
Jason: Mas é verdade ué!
Will: Vem -ele me puxa pela mão e subimos pro quarto dele-

Chegando lá, ele tranca a porta e eu sento na cama.

Will: Precisava daquilo?
Eu: Precisava
Will: Não precisava não! Você só piorou as coisas!
Eu:


Will: Marrenta!
Eu: E seu pai heim? Não vi ele ainda..
Will: Sei lá, daqui a pouco ele chega ai.
Eu: Hum..
Will: Você é maluca
Eu: Eu sei disso..
Will: E é por isso que eu te amo


-Pensamento da Anne-

Kevin: Que foi que você tá com essa cara?
Eu: Ah, sei lá.. Tudo isso acontecendo... Não é fácil esquecer
Kevin: Eu tenho a solução para os seus problemas!
Eu: Aé? Qual é então?
Kevin: Esquecer isso e me beijar, você não tá nem dando atenção pra mim hoje.
Eu: Então, agora você vai ter sua atenção!


E o clima vai esquentando.. Até que a minha primeira vez rolou.

(...)

-Pensamento da Mel-

Eu: Semana que vem tem prova, af.
Will: E depois das provas tem o seu aniversário
Eu: Não quero comemorar..
Will: Você vai tá fazendo 18 anos, qual é? Claro que você vai comemorar.
Eu: Sei não.. To com clima pra festa não
Will: Mas com clima de brigar com a minha mãe tá né?
Eu: 

Will: Ham, que cara é essa? É verdade
Eu: Isso não vem ao caso
Will: Tá, mas você vai comemorar seu aniversário sim
Eu: NÃO! Will, eu não quero comemorar aniversário, me promete que você não vai fazer nada, por favor.
Will: Tá..

1 semana se passa [...]

Graças a Deus as provas já acabaram! Meu aniversário é amanhã.. Sei lá, não to com muita vontade de comemorar.. :/

Jason: Oi, cade meu irmão?
Eu: Ele saiu rapidinho pra comprar uma peça pro carro dele que tá ruim...
Jason: Eu soube que seu aniversário é amanhã e ai? Vai ter festa? Bolo?
Eu: Nada. Não quero nada
Jason: Por que? Você tá fazendo 18 anos cara!
Eu: Eu sei..
Jason: Então por que não?
Eu: Sei lá, eu queria conviver esse momento com meu avô, meus pais.. 
Jason: Ah, para mano! Desculpa, mas você não vai parar de curtir sua vida por causa disso.. Essa dor vai acabar, nada é pra sempre, mas curte seu aniversário! Ainda mais porque eu quero comer bolo -dou um sorriso bobo- Viu, assim que você tem que estar, sorrindo! Não triste!
Eu: Obrigada pelo conselho, to um pouco melhor -abraço ele-

O Will abre a porta e eu solto o Jason

Eu: Hey! Comprou as peças pro carro?
Will: Comprei
Jason: Quer alguma ajuda no carro Will?
Will: Não, valeu...
Jason: Tá bom, então.. Eu vou subindo, tchau .
Eu: Tchau -o Jason sobe pro quarto dele-
Will: E ai, o que vocês tavam conversando?
Eu: Sobre meu aniversário..
Will: Hum.. Vamo lá comigo no carro?
Eu: Vamos :)

Fomos até a garagem e ele foi arrumando o carro

[...]

Will: Acabei.
Eu: Cê tá fedendo
Will: Claro, tava me matando aqui enquanto você me olhava
Eu: Ah, mas você tava tão bonitinho.
Will: E fedendo. Vou tomar um banho, fica lá dentro, vou fechar a garagem
Eu:

Ele fecha a garagem, a gente entra e ele vai pro banheiro.. Subo e vou no quarto do Jason

Eu: Oi, ta fazendo o que?
Jason: Tava mexendo no celular..
Eu: Hum.. Seu quarto é legal, gostei dos seus pôsteres
Jason: Valeu. Tenho eles desde os 11 anos
Eu: Já sabe o que vai fazer nas férias? Viajar...? 
Jason: Pretendo viajar mesmo.. E você?
Eu: Sei lá, acho que vou viajar também.
Jason: Eu fui convidado pra uma festa, quer ir comigo? COMO AMIGOS! Claro.
Eu: Claro! Vou sim, é quando?
Jason: Depois de amanhã
Eu: Ok. Eu vou descer, tchau.
Jason: Ei, Mel.
Eu: Oi
Jason: Você é linda, não fica triste, aproveita amanhã, ok?
Eu: Ok 



Desço e vejo que a mãe do Will tá vendo tv na sala, então subo e fico no quarto do Will esperando ele.

Dia seguinte.../Sábado (Aniversário da Mel)

Acordo e o Will não tá na cama, fico sentada na cama com as pernas esticadas. Quando a porta abre e é o Will trazendo café da manhã pra mim na cama

Eu: Não precisava disso
Will: Precisava sim

Eu sorrio pra ele. Tomo o café junto com ele

(...)

Will: Seu presente, vou pegar.

Ele pega ali no canto do quarto, tinha duas sacolas de marca de loja.. Abri uma e era um conjunto de roupa e a outra tinha chocolate dentro, com um cartão escrito "Amor, hoje é seu aniversário e espero que essa data se repita inúmeras vezes e nós comemoremos juntos. Eu te amo tanto e nem sei muito o que dizer, só tenho que agradecer por ter você em minha vida e te dizer que você é tudo pra mim, eu te amo, feliz aniversário"

Eu: Own, eu te amo -sorrio-
Will: Também te amo muito -ele me dá um selinho-


Eu: Da onde sai tanto dinheiro heim?
Will: Economias ..
Eu: Eu amei! Obrigada


Me levanto, tomo um banho e boto a roupa que ele me deu.


Eu amei porque é bem meu estilo.. Saio do banheiro e o Will não tá mais no quarto, ele deve ter descido. Alguém bate na porta, eu abro e era o Jason.

Eu: Oi -sorrio-
Jason: Oi, feliz aniversário -ele vai entrando e eu fecho a porta-
Eu: Obrigada
Jason: Toma seu presente -ele me dá-

Eu sorrio pra ele e vou abrindo, eram dois álbuns de minhas bandas preferidas.

Eu: Meu Deus, OBRIGADA! -dou um sorrido e abraço ele forte-
Jason: De nada.. Você merece! Eu vou dar um rolé de bike, tchau gatinha
Eu: Tchau -ele sai pela porta e o Will logo dá de cara com ele, ele entra e fecha a porta-
Will: Ele te deu esses CD's?
Eu: Sim.
Will: Hum.. 
Eu: Ciúmes?
Will: Não.. 
Eu: Sei..
Will: Vem cá
                    

Ele começa a me beijar e de repente fica fazendo cócegas em mim e me mordendo.


E ele virou do lado da cama e começamos a nos beijar



Eu: Deixa de ser bobo
Will: É que eu to feliz
Eu: Aé? Hum..
Will: Agora que lembrei, tenho que entregar um trabalho no colégio que eu não tinha entregado, vamo la comigo?
Eu:

Levantamos da cama e fomos para o colégio no carro dele.. Ele entregou o trabalho, começou a dirigir e paramos num engarrafamento..

Will: AA, engarrafamento não! Droga!
Eu: Estressado..
Will: Não é legal ficar num engarrafamento não! 
Eu: Calma.. Engarrafamento não é pra sempre!

O sinal abre 

Will: Aleluia! -ele andou com o carro-
Eu: Estressado -dei um selinho nele enquanto ele dirigia-


Will: Se eu fizer merda dirigindo por que você tá me beijando, lembre-se: a culpa foi sua!
Eu: -dou uma risada- Bobo

Saímos do engarrafamento depois de 30 min. e chegamos na casa dele. Ele estacionou o carro e subimos para o quarto dele, sentamos na cama.

Eu: Ah, nada pra fazer. -levanto da cama-
Will: Agora tem -ele me puxa, caio em cima dele e nos beijamos-



Eu: É sério! Vou na Manu, ela já deve tá acordada a mó tempão

(...) De noite, às 18h

Will: Vai se arrumar
Eu: Pra que?
Will: Vamos sair.
Eu: Pra onde?
Will: Não sei.. Vai se arrumar, vai!
Eu: Eu só tenho essa roupa que você me deu e a outra que tá suja, já to pronta
Will: Toma -ele me dá outro conjunto de roupa-
Eu: Meu Deus, da onde surge esse dinheiro?
Will: Já disse.. Economias!
Eu: Vou tomar um banho.. Gostaria de me acompanhar senhor William?
Will: Sim, senhorita Mellanie!

Entramos no banheiro, tomamos banho juntos e nos arrumamos.

(...)


Eu: Pra onde a gente vai?
Will: Restaurante. Vem!

Entramos no carro e fomos para o restaurante (...)

Acabamos de comer e entramos no carro.

Eu: Agora vamos pra casa né? A Manu tá lá com o Marley sozinha.
Will: Só mais uma parada!
Eu: Will!
Will: Esquenta não, tá tudo sobre controle
Eu: Tá né...

Ele começou a dirigir até que chegamos na casa do Kevin, saio do carro e vou andando até a porta enquanto o Will ainda tá saindo do carro. Abro a porta e tá tudo apagado, ando um pouco e a luz acende e todos gritam "SURPRESA!". Estavam todos lá.. Anne, Kevin, Will, Jason, Manu, Marley.. 

Anne: Feliz aniversáaario! nos abraçamos e depois ela me solta-


Kevin: 18 anos né? Po, ta velhona. -ele me abraça- Feliz aniversário!

(gif em homenagem ao Cory Monteith que foi encontrado morto em seu hotel :( #RIPCoryMonteith)

Jason: Sei que nos conhecemos a pouco tempo, mas já te considero bastante! Feliz aniversário Mel, tudo de bom -nos abraçamos-


Ele me solta e a Manu vem correndo até a mim

Manu: Feliz aniversário maninha!! -pego ela no colo e abraço ela, depois a boto no chão-

Estava tudo arrumado, com bolas coloridas coladas no teto, uma mesa com alguns docinhos e o bolo, outra mesa com bebidas e tinha uma faixa escrito "Happy Birthday" na parede. Só faltava meu avô e meus pais aqui.. Uma lágrima escorre pelo meu rosto, mas foi até de felicidade.. Eu acho.. Sorrio e limpo o rosto com a mão.


A Anne botou uma música bem alta e começamos a dançar. A Manu logo dormiu, então a Anne botou ela lá em cima pra dormir no quarto de hóspedes. Depois ficamos bebendo bebida alcoólica. Ficamos dançando igual a uns doidos,

Depois eu e a Anne ficamos cantando e o Will, Jason e Kevin ficaram só rindo da gente.


Depois eu, Jason e Will fomos embora.

-Pensamento da Anne-

Todos já tinham ido embora. Peguei uma garrafa de vodca e bebi, o Kevin tava sentado no sofá. Sentei no colo dele e comecei a sorrir pra ele.

Eu: Amoor, amorzinho, mozãao..
Kevin: Oi
Eu: Quero dançar, VEEEEM!
Kevin: Dança que eu observo 
Eu: Tá bom

Começo a dançar e cantar "Vamo pro baaaaaaar, beber, cair e levantar", peguei outra garrafa de whisky e fiquei dançando com ela na mão.




Sentei do lado do Kevin e fui agarrando ele.

Eu: Vamos subir lá pra cima babyy?!

Kevin: Você me chamou de baby? -ele se afastou-

Eu: É.. Baby.. Apelido carinhoso.. -fiz carinho no rosto dele e ele estava com cara de assustado-


Kevin: Acho que você bebeu demais -ele tentou se levantar mas eu empurrei ele-


Eu: Eu sei meu limite tá? Agora que tal a gente sei lá, aproveitar o momento.. -fui mexendo na camisa dele-

Kevin: Anne, você bebeu muito, vamos descansar né?

Eu me jogo pro outra lado e sento no sofá e fico com os braços envolvidos nele.

Eu: Ah, veem, vamos nos divertir.

Kevin: Não. Vem -ele me pega no colo-

Ele vai subindo as escadas e me bota na cama


Eu: Lindo, meu baby. Boa noite!

-Pensamento da Mel-

Chegamos em casa e o Jason vai pra cozinha e eu vou pro quarto junto com o Will. Ele senta na cama cansado, enquanto eu fecho a porta rápido que chega a fazer estouro, tranco a porta e olho pra ele com cara de safada

Will: Não, to cansado, nem vem.
Eu: Ahh, tartaruga!
Will: Que? -ele fala rindo-
Eu: Seu velho!
Will: Boa noite -ele deita na cama e se cobre-
Eu: NÃAAAAAAO! - pulo em cima dele-
Will: Me deixa dormir mocréia
Eu: Sou sua mocréia
Will: Tá bêbada pra caraca heim! Sorte que você é de maior.
Eu: Me possui toda gatinho -ele começa a rir-
Will: Você tá mais que bêbada! Tu fumou?
Eu: Menos papo e mais beijo 
Will: Não, vamos dormir, tu tá com bafo de cerveja

Ele me empurrou pro lado da cama e eu desisti e dormi.

TO BE CONTINUED...

-----------------------------------------------------------------------------------------------
Então.. Espero que vocês tenham gostado do capítulo, comentem por favor, kisses ;*


                






4 comentários :

  1. TIPO ASSim PERFEITOOOOOOOO WIIL E MEL É UM CASAAAAAAAL AAAAAAAAAAAAAAH VIDAAAAAAAAA E ANNE E KEVIN TAMBÉM :DDDDDDDDDD eu ameeeeeeeeeeei e fiquei chocada com o irmão gêmio do Will

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKK Que bom que você amou!
      Kisses ;*

      Excluir
  2. E a mãe do Will é uma velha idiota metida estupida u.ú

    ResponderExcluir